Bem-vindo(a). Hoje é Alta Floresta - MT

Publicidade

Publicidade

Publicidade

TJ mantém prisão de homem por chantagear mulher altaflorestense para não propagar "nudes"

Publicidade

A Justiça de Mato Grosso negou um habeas corpus e manteve a prisão de E.J.G do N., acusado de extorsão e receptação no município de Alta Floresta. Ele teria adquirido um celular furtado de uma mulher e, após verificar o aparelho da vítima, chantageou sua verdadeira proprietária para não compartilhar suas fotos íntimas – os famigerados “nudes”.

A decisão é da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça (TJ-MT) e foi proferida em sessão de julgamento de quarta-feira (15). Os magistrados seguiram por unanimidade o voto do relator, o desembargador Juvenal Pereira da Silva.

De acordo com informações do processo, o rapaz está preso desde o dia 1º de fevereiro deste ano. Ele pediu o “relaxamento” de sua prisão preventiva, além da expedição de seu alvará de soltura.

O desembargador Juvenal Pereira da Silva, entretanto, explicou que não poderia conceder a liberdade ao preso em virtude de ameaças que teriam sido direcionadas tanto a dona do telefone celular quanto a sua família. “Nesse caso aqui diante da extorsão e pela forma, ameaçando as vítimas e os parentes, estou denegando a ordem”, resumiu Juvenal Pereira da Silva.

Em seu voto, o desembargador também revelou que interceptações telefônicas feitas pela Polícia foram realizadas para monitorar os contatos de Eri Johnson. Segundo as escutas, ele teria exigido R$ 10 mil da vítima para não compartilhar as fotos íntimas.

Fonte: Folha Max
TJ mantém prisão de homem por chantagear mulher altaflorestense para não propagar "nudes" TJ mantém prisão de homem por chantagear mulher altaflorestense para não propagar "nudes" Reviewed by Jornal Alta Notícias on sábado, maio 18, 2019 Rating: 5

Deixe um comentário abaixo:

Publicidade

ANUNCIO AQUI

Publicidade

Autor