Bem-vindo(a). Hoje é Alta Floresta - MT

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Jovem baleado na porta de clube em Alta Floresta está paraplégico

Publicidade
Alta Floresta: baleado na porta de clube está paraplégico

Lucas Tiago Freitas vai completar 26 anos no mês de outubro. A diferença em relação ao aniversário do ano passado é que agora, não poderá correr ou pelo menos andar até a esposa, a filha de sete anos e do caçulinha de três anos para ganhar o abraço dos parabéns.

O jovem está paraplégico e conforme contou, os médicos dizem que uma bala que está alojado em sua coluna é a explicação da perda dos movimentos da cintura para baixo.

Esse drama atualmente vivido por Lucas Tiago é resultado de uma confusão dia 21 de julho na frente de uma clube na entrada do bairro Boa Nova, em Alta Floresta. O suspeito teria dito que ele passou a mão na bunda de uma mulher, mas Lucas negou.

A discussão no entanto só parou depois que o homem saiu e já voltou, armado. “A moça que estava com ele disse que não tinha sido eu e mesmo assim ele me deu três tiros, acertou só um e eu estou vivo, graças a Deus”, conta Tiago, agradecendo mesmo tendo ficado limitado em seus movimentos. “A vida continua e tenho minha família, graças a Deus”, explica.

O suspeito é procurado pela Polícia Civil. Já Lucas Tiago, procura apoio da comunidade para comprar uma cadeira de rodas especial. A comum não o segura sentado. “Uma que ele precisa custa em torno de R$ 3.500 reais e a gente não tem condições”, revelou a esposa que mora em uma casa com Tiago e os dois filhos e outra família de mais quatro pessoas. “Mas antes eu não precisava de ajuda. Eu trabalhei sempre, desde criança. Só que agora infelizmente estou aqui,. Na cama”, conta o morador da Rua Cambará, numero 125, bairro jardim das Oliveiras, em Alta Floresta.

Ir até a geladeira tomar água, atender uma visita, tomar banho, sentar a uma cadeira, movimentos que eram tão fáceis e simples, hoje Lucas Tiago não consegue. “Depende de nós para tudo e nós estamos juntos com ele”, garante a esposa Ana Paula que tem o discurso reforçado pela filha Estéfhany, de apenas sete anos. “peço a Deus para meu pai voltar a andar”, diz a garotinha ao lado de Tiago e de Ana Paula que não contém as lágrimas. “Não tem como não se emocionar”, justifica.

Ao falar do autor do crime, Tiago não fala em mágoa. “Só quero Justiça”, finaliza.

Fonte: Arão Leite - Jornal da Cidade - Foto: Reprodução
Jovem baleado na porta de clube em Alta Floresta está paraplégico Jovem baleado na porta de clube em Alta Floresta está paraplégico Reviewed by Jornal Alta Notícias on quinta-feira, agosto 08, 2019 Rating: 5

Deixe um comentário abaixo:

Publicidade

ANUNCIO AQUI

Publicidade

Autor