Bem-vindo(a). Hoje é Alta Floresta - MT

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Morre zootecnista que teve quase 100% do corpo queimado ao tentar apagar incêndio em fazenda

Publicidade
Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!
BOTÃO LIKE AQUI
Morre zootecnista que teve quase 100% do corpo queimado ao tentar apagar incêndio em fazenda

Morreu na madrugada desta quarta-feira (09), o zootecnista Luciano da Silva Beijo, de 36 anos, que teve quase 100% do corpo queimado durante um incêndio em uma fazenda às margens da BR-070, nas proximidades da Serra do Facão em Cáceres (220 quilômetros de Cuiabá), no último domingo (06). O homem tentava conter as chamas, quando foi surpreendido pelo vento, caiu enquanto tentava correr e acabou atingido.

Luciano chegou a ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva em Cuiabá, mas não resistiu aos graves ferimentos e morreu neste madrugada. Ainda não não há informações sobre velório.

Luciano estava, com mais dois funcionários da fazenda, tentando conter as chamas de incêndio que atingia a propriedade rural. Porém, em dado momento, uma rajada de vento fez o fogo seguir na direção deles.

Todos correram, mas Luciano acabou tropeçando e foi alcançado pelas chamas, que causaram queimaduras em quase 100% do seu corpo. Ele foi socorrido por outros funcionários e encaminhado a uma unidade de saúde em estado grave.

A direção da fazenda informou que presta toda assistência necessária.

Morre zootecnista que teve quase 100% do corpo queimado ao tentar apagar incêndio em fazenda Morre zootecnista que teve quase 100% do corpo queimado ao tentar apagar incêndio em fazenda Reviewed by Jornal Alta Notícias on quarta-feira, setembro 09, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário

Deixe um comentário abaixo:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Autor